Como Manter uma Piscina de Fibra de Vidro

As piscinas de fibra de vidro se tornaram muito populares no Brasil devido ao seu custo-benefício. Apesar de perder em design se comparadas as piscinas de alvenaria e concreto, elas ganham em muitos outros fatores, como a agilidade na instalação, o custo acessível e sua longa vida útil. Mas para garantir esse último benefício, alguns cuidados devem ser adotados desde a instalação ao uso diário.

piscina-casaElas são confeccionadas em peça única revestida de fibra de vidro, que é um material flexível, resistente e de fácil manutenção, sem precisar de reformas reparadoras de forma periódica. Mas existem alguns problemas que podem aparecer nesse tipo de piscina caso elas sejam mal instaladas ou não recebam os cuidados adequados.

Nesse artigo reunimos alguns dos principais cuidados que você deve ter para que a sua piscina de fibra de vidro dure por muito tempo. Hoje em dia existem tratamentos automáticos ecologicamente corretos, como os Ionizadores Pure Water ( link ), que facilitam muito esse trabalho todo e ajudam a manter a água da piscina cristalina e saudável durante o ano todo.

 

 

1 – Limpe Regularmente
Para ter uma piscina atraente com água cristalina você não pode descuidar da limpeza, principalmente nas épocas em que ela será muito utilizada, como no verão. Se o uso da piscina for diário, a limpeza também deve ser. Isso porque as pessoas acabam levando sujeira para água, como cabelos que caem e produtos oleosos que são utilizados na pele (como protetores, bronzeadores, hidratantes e etc). Se você tiver um jardim ao redor, a água também ficará suja com folhas e plantas, além de insetos e mosquitos.

Comece limpando a área ao redor da piscina, para evitar que o vento leve o lixo para dentro da água enquanto você a limpa. Se preocupe também em higienizar a borda. Depois, com a ajuda de uma peneira, remova a sujeira da superfície e esvazie o depósito do skimmer (equipamento que coa a sujeira). Com o auxílio de um esfregão com cerdas de nylon, escove toda a piscina, principalmente os cantos, onde pode haver a formação de lodo.

Depois que todas as impurezas assentarem no fundo da piscina, use um equipamento para aspirar. Opte pelo modo de filtragem de água e aspire de forma suave para não levantar a sujeira. Para desinfetar, prefira produtos menos abrasivos.

2 – Escolha bem os Produtos Químicos / Limpeza
A fibra de vidro pode ser sensível a alguns tipos de produtos, que podem danificar o material, precisando de reparos de alto custo. O cloro, por exemplo, pode acabar por desbotar o material. É muito comum que a fibra de vidro perca a sua cor conforme o passar dos anos, mas o excesso de produtos químicos pode fazer com que sua piscina perca a coloração de forma precoce. Não quer que isso ocorra em sua piscina? Tenha o Ionizador Purewater.

Limpadores ásperos também devem ser evitados. Eles podem arranhar e marcar as paredes e o chão da piscina.
3 – Mantenha o Equilíbrio Químico
É vital que sua piscina esteja com os níveis químicos apropriados, não apenas para que ela dure por mais anos, mas também para a saúde dos nadadores. A verificação diária nas épocas de uso frequente é fundamental. O nível de pH deve estar sempre entre 7.2 e 7.6. A alcalinidade entre 100 e 150 ppm (parte por milhão) e o cloro (caso opte por esse produto químico) deve ser 3,0 ppm. Caso queira evitar produtos químicos na sua piscina, saiba mais sobre o Ionizador Purewater.

4 – Cuidado com as Manchas
Saiba como diagnosticar e remover manchas da piscina em nosso outro artigo:
Como Diagnosticar e Remover Manchas da Piscina.

5 – Bolhas na Fibra
Como reflexo do tempo e do desgaste do material, as piscinas de fibra de vidro tendem a apresentar bolhas. A boa notícia é que esse é um problema apenas estético e não compromete em nada o uso da piscina. A má notícia é que isso é tão comum que é difícil evitar.

Se você ainda não instalou a sua, uma recomendação de especialistas é optar pelas que venham com barreira química, que é uma resina de proteção extra e que previne o aparecimento de bolhas. Mas se sua piscina já apresenta esse problema, verifique se está dentro da garantia oferecida pelo fabricante e solicite o reparo ou a troca. Caso esteja fora do prazo, a única solução é procurar por um especialista.

6 – Aparecimento de Fissuras
Para optar por uma piscina de fibra de vidro você deve contratar uma boa empresa de instalação e contar com bons profissionais para verificar a qualidade do terreno onde ela será instalada. Um local mal estruturado, com pedras, ou próximo a um lençol freático, pode facilmente rachar e apresentar fissuras na fibra de vidro. O problema pode se tornar ainda mais grave se houver vazamento, exigindo reparos de alto custo.

As rachaduras também podem aparecer em caso de defeitos de fabricação ou produtos de má qualidade. Por isso, fique atendo a garantia oferecida pelo fabricante. Muitas vezes o barato pode sair caro.

Depois de se certificar sobre a qualidade do produto e o local onde será feita a instalação, você deve ter em mente que esse tipo de piscina não deve ser esvaziada. A fibra de vidro pode rachar facilmente com a secura.

7 – Manutenção no Inverno
É verdade que as piscinas precisam de menos cuidados no inverno, já que dificilmente alguém a utiliza nesse período. Mas isso não quer dizer que não precise de cuidado algum. Se você descuidar da limpeza da piscina durante todos esses meses poderá ter problemas e muitos gastos quando o verão chegar. O tratamento tradicional feito manualmente é trabalhoso e mais complexo do que parece, para reduzir muito esse trabalho e ter uma piscina com a água cristalina e tratada existem os tratamentos automáticos que ligam e desligam a bomba e filtro de sua piscina conforme programados e realizam o tratamento nesse período. Dentre essas alternativas a única que realiza um tratamento automático com residual sem cloro ( íons de cobre e prata ) é a ionização, ou seja, sua piscina sempre protegida, Ionizador Pure Water realiza esse tratamento por íons e mantém residual ativo que protege a água da piscina de contaminação mesmo durante os períodos em que a recirculação está desligada. Outra grande vantagem da Ionização é que essa alternativa automática é a que menos consome energia para realizar o tratamento, e sabemos que hoje em dia qualquer redução em gasto de energia acaba sendo muito significativa em médio e longo prazo. Para saber mais sobre esse tratamento automático para piscinas, a Ionização, acesse esse link: http://www.Purewater.com.br/ionizador-piscina-Purewater/

Mantenha a água sempre limpa, bem como as bordas, paredes e chão da piscina. Uma boa ideia é optar pelas lonas de cobertura, que evitam que folhas e outras sujeiras caiam sobre a água.

O motivo principal para se ter uma piscina em casa é o lazer com a família e amigos. Para tratar a água de sua piscina de fibra procure as alternativas de tratamento automático que existem atualmente. Pois isso reduzirá o tempo, mão de obra e os produtos químicos necessários para tratar a água da sua piscina. Utilizando um tratamento automático para piscinas, como o ionizador Purewater, você poderá aproveitar sua piscina com a água cristalina e saudável sempre que quiser com sua família e amigos, sem ter todo o trabalho do tratamento tradicional chato e moroso. Bons mergulhos!

Leave a Reply

Your email address will not be published.