Como Manter uma Piscina de Alvenaria

Manter a piscina com água limpa e saudável para os dias de calor é um desejo de todos os donos de clubes, condomínios e de quem tem uma piscina no quintal de casa. Mas não é apenas nas estações mais quentes que devemos cuidar dessa área. Se a piscina ficar abandonada durante o inverno, seu custo para recupera-la no verão pode ser muito mais alto do que imagina. Por isso é fundamental cuidar da manutenção durante todo o ano. Hoje em dia existem tratamentos automáticos ecologicamente corretos, como os Ionizadores Pure Water ( link ), que facilitam muito esse trabalho todo e ajudam a manter a água da piscina cristalina e saudável durante o ano todo.

piscina-1

Cada tipo de piscina exige um tipo específico de tratamento e cuidados. As piscinas de concreto e alvenaria são uma das mais escolhidas por quem deseja liberdade para criar o design, pois elas podem ser construídas do tamanho que o terreno permitir, com formatos e desenhos exclusivos e atraentes, que irão somar valor ao imóvel.

Neste artigo reunimos alguns dos problemas mais comuns e dicas para você cuidar da piscina de alvenaria e concreto, que podem exigir mais atenção até do que as piscinas de fibra de vidro e vinil, por exemplo. Isso porque o concreto possui poros microscópicos que podem armazenar fungos e bactérias, o que pode representar um risco para o equilíbrio da água. Outro problema comum são as rachaduras e a aspereza dos azulejos e patilhas.

Proliferação de Algas
É muito comum as piscinas de alvenaria e concreto apresentarem o surgimento de algas. Apesar de não ser possível evitar que elas apareçam, é possível elimina-las antes que se instalem de vez, trazendo bactérias nocivas a saúde e tornando o problema ainda mais grave. Elas podem chegar até a água da piscina pelo vento, por folhas de árvores ou, até mesmo, pelas roupas dos nadadores.

Existem mais de 20 mil tipos de algas, mas no geral elas crescem em condições onde o nível de pH da água é excessivamente alto e o nível de cloro (ou produtos equivalentes) são baixos. Por isso a melhor maneira de evitar a proliferação de algas é manter água sempre limpa e seus diversos componentes nos níveis ideais. Por ser um tratamento automático com residual ( íons de cobre e prata ), ou seja, sua piscina sempre protegida, o Ionizador Pure Water ( Link ) se mostra ser o tratamento alternativo mais eficiente para eliminar 100% as algas na sua piscina sem a necessidade de utilizar produtos químicos. O tratamento por íons mantém residual ativo que protege a água da piscina de contaminação mesmo durante os períodos em que a recirculação está desligada

O procedimento em um tratamento tradicional é aspirar a piscina e escovar bem as paredes, dando atenção especial as áreas afetadas por algas, quando houver. Limpe também o cesto do skimme, uma vez por semana, principalmente nos períodos de mais uso e o filtro da piscina conforme recomendar o fabricante. Lembre-se de checar o pH da água periodicamente, e esse deve estar dentro dos níveis recomendados, entre 7.2 e 7.6.

O tratamento de choque, feito com produtos específicos para isso, apenas será necessário em casos onde as algas já estão instaladas e estão se proliferando. Nesse caso você também pode procurar por algicidas, que é um procedimento mais agressivo, mas muito eficaz.
Acabamento Comprometido
Quando limpamos a água para evitar as bactérias, temos que nos preocupar também com a limpeza dos azulejos (ou das pastilhas) e de toda a superfície da piscina. Os materiais utilizados para o acabamento das piscinas de alvenaria exigem uma atenção especial, pois eles podem se tornar ásperos e, até mesmo, quebradiços, aumentando o risco de acidentes entre os nadadores.

Para manter toda a superfície limpa, você deve escova-la uma vez por semana, antes de realizar a decantação e de aspirar a piscina. Todos os azulejos (ou pastilhas) devem ser escovados por igual, incluindo os que estão abaixo do nível da água. A regra de ouro é a escolha do produto que será usado na limpeza. Existem produtos específicos para acabamentos de piscina de concreto, que os mantêm limpos sem torna-los ásperos e quebradiços. Por isso, não abra mão de um produto de qualidade. Dessa forma você irá garantir um maior tempo de duração da sua piscina.

Excesso de Produtos
Para manter manualmente a piscina limpa e agravável você pode acabar exagerando no uso de produtos químicos. Mas saiba que isso pode te trazer uma dor de cabeça imensa, pois a utilização em excesso de determinados produtos pode corroer o rejunte, permitindo com que o revestimento (azulejos, pastilhas, mosaicos ou pedras) se solte ou quebre, necessitando de uma reforma ou um reparo grande.
Os cuidados com a utilização de produtos químicos são fundamentais, mas, mesmo assim, com o passar dos anos, a superfície da sua piscina pode ser danificada. Por isso, fique sempre atento e verifique com frequência a qualidade do acabamento para evitar acidentes entres os nadadores.

Rachaduras
De modo geral, as piscinas de alvenaria e concreto necessitam de reforma a cada 10…15 anos. Isso porque o risco de aparecer rachaduras e vazamentos na piscina é muito grande. A reforma periódica irá garantir a qualidade e a segurança da sua piscina para os usuários.

Algumas vezes, por mais cuidados que tomamos, as rachaduras aparecem devido a erosões ou movimentos do solo, que não podemos prever. Por isso, assim que detectar uma falha desse tipo, não perca tempo e procure uma empresa especializada para realizar o reparo. Mesmo que você pense que ainda não deu o tempo de 10…15 anos desde a última reforma, negligenciar esse problema pode te trazer prejuízos ainda maiores, desde um nadador ferido ao comprometimento de todo o fundamento da piscina.

Cuidados no Inverno
Nas épocas mais frias do ano, dificilmente alguém se atreve a um mergulho na piscina, mas não é por isso que você deve descuidar. Não limpar a piscina nessa época do ano pode sair muito caro. Afinal, quando o verão chegar você precisará desembolsar muito mais para deixa-la limpa e pronta para uso novamente.

É claro que a manutenção no período do inverno não precisa ser tão intensa quanto no verão, onde as pessoas sujam a piscina diariamente, ao usa-las. Alguns produtos de uso diário podem ser usados apenas uma vez por semana, bem como o uso do filtro, que também poderá ser ligado por menos tempo.

Outra dica válida é cobrir a piscina com uma lona. Dessa forma você evita que folhas e outras sujeiras caiam na água. Além disso, é sempre importante lembrar que piscinas são criadouros do mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e merecem extremo cuidado para que isso não aconteça. As piscinas de concreto e alvenaria têm a vantagem de poderem ser esvaziadas para manutenção no inverno, mas isso se tornou uma prática cara se considerarmos o custo atual da água. O mesmo não é aconselhado para outros tipos de piscinas, como as de fibra de vidro e vinil.

Leave a Reply

Your email address will not be published.